Após 1 mês polícia de SP ainda não sabe o paradeiro de Paulo Cupertino

Já se foram 30 dias e, o assassino do ator Rafael Miguel e dos pais do jovem continua sendo procurado pela polícia de São Paulo. O comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, é considerado foragido da Justiça por matar a tiros o ator de 22 anos e o casal João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, no último dia 9 de junho na Zona Sul da capital. 

Segundo a Polícia Civil, Paulo atirou 13 vezes nas vítimas porque não aceitava o namoro de sua filha Isabela Tibcherani Matias, de 18 anos, com Rafael. 

Policiais já verificaram mais de 60 endereços em seis estados para tentar localizar o paradeiro do assassino. Além de São Paulo, tiveram informações das policias de Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Goiás e Mato Grosso do Sul.

A pedido da polícia, a Justiça bloqueou a única conta bancária em nome de Paulo. A ideia dos investigadores é que, sem poder movimentar dinheiro para continuar se escondendo, o comerciante decida se entregar.