Volpi afirma que processou Rubão por empregos irregulares

0

O ex-prefeito Clovis Volpi afirmou que o presidente da Câmara, Rubão Fernandes (PSD) o não cumprimento dos prazos legais para a apresentação da defesa foi parte de vingança pessoal. “Quando eu fui prefeito, o Rubão tinha três empregos, em Rio Grande, Ribeirão e outro, não lembro onde. Falei com ele escolher porque de eu ser processado por improbidade administrativa. Ele acatou. Dispensei ele, cobrei os salários de volta, cobrei em um processo, ele perdeu e me responsabiliza por ter perdido. Eu tentei ao máximo que ele cumprisse a lei”, explicou. “Por isso acho que tudo isso virou pessoal.” 

Volpi mostra confiança em reverter a decisão que o deixou inelegível ao buscar a Justiça comum. Ele alegou que não teve amplo direito de defesa e usou os exemplos de José Auricchio Júnior (PSDB-São Caetano) e Oswaldo Dias (PT-Mauá) para ter liberdade de concorrer a cargo eletivo.