Novela jurídica de Kiko acaba amanhã com julgamento no STF

14563421_1592798977683569_1161334593370074238_nO desfecho da novela sobre processo do prefeito eleito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB) parece findar na amanhã, terça-feira (6/12), no STF. O julgamento está na pauta da Suprema Corte, e será apreciada pela Primeira Turma composta pelos ministros:  Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio, Luiz Fux, Rosa Weber e Edson Fachin.

Se o relator do caso, Edson Fachin manter sua decisão de cancelar o processo de rejeição de contas de Kiko- na época em que presidiu a Câmara de Rio Grande da Serra- é possível que o plenário acolha sua posição. Porém, analistas jurídicos entendem que a consulta ao plenário é o início de um novo jogo e que é impossível prever a decisão.

O Julgamento acontecerá as 14 h e definirá o futuro político da cidade.  Caso o plenário decida pela condenação de Kiko, nova eleição será marcada, e  assume a prefeitura o presidente da Câmara que será eleito na primeira sessão de 2017. Há uma corrente minoritária que entende que o segundo colocado assume o cargo.

kiko