Museu Histórico de Ribeirão Pires ganha obra de coletivo de artistas da cidade

0

Imersão artística e a doação do painel ao museu é contrapartida da Lei Aldir Blanc

“Este é o nosso presente para a cidade”, discursou a artista ribeirãopirense Silvana Luz nesta sexta-feira, dia 28, ao doar uma obra desenvolvida juntamente com mais 10 artistas ao Museu Histórico Municipal de Ribeirão Pires. A obra de mosaico sobre fibrocimento é intitulada “Ícones Turísticos e Históricos de Ribeirão Pires” e ficará em exposição permanente no local.

A imersão artística e a doação do painel ao equipamento de cultura da prefeitura foi a contrapartida oferecida à comunidade ao receber prêmio do Programa de Ação à Cultura (PROAC) do Governo do Estado de São Paulo, na modalidade Lei Aldir Blanc 2020, pelo reconhecimento de sua trajetória na produção e ensino da técnica artística do mosaico.

Ainda de acordo com Silvana, “todos os participantes receberam aulas práticas com orientação individual, e cada um teve o desafio de confeccionar, em uma técnica de mosaico, um ponto turístico da cidade. Na sequência, o desafio foi unir cada uma dessas obras individuais em um único painel, o que resultou em uma obra muito interessante do ponto de vista artístico e visual, retratando os principais pontos turísticos da cidade”, concluiu.

A nova obra, assim como todo o acervo do museu, pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 09 às 17h, e aos sábados e domingos das 10h às 17h. O museu permanece fechado de segunda-feira e feriados.

Estiveram presentes na inauguração o prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi; a secretária de educação, Rosi de Marco; e o diretor de turismo, Henrique Celso.

Lei Aldir Blanc – A fim de conter os impactos causados pela pandemia de Covid-19 no setor cultural, a Lei Aldir Blanc, criada em 29 de junho de 2020, tem como objetivo proporcionar uma renda emergencial aos artistas, bem como a manutenção dos espaços culturais durante este período.