Weintraub: Não tem nenhum país fora o Brasil que fala que Paulo Freire é um modelo de educação

Método Paulo Freire é utilizado para integração de refugiados na Alemanha

O ministro da Educação, Abrahan Weintraub participou do programa Morning Show da Jovem Pan e ironizou o educador brasileiro, Paulo Freire.

De acordo com o ministro, nenhum outro país, fora o Brasil utiliza o modelo de educação de Paulo Freire.

“Se paulo Freire fosse tão bom, ia ter mais um país, além do Brasil usando o método dele. Coisa boa a gente copia, e não tem nenhum país fora o Brasil que fala que Paulo Freire é bom. Aonde tem na Alemanha? Estados Unidos?” ironiza.

Na Alemanha, o método Paulo Freire também é usado atualmente na integração de refugiados ao país, na orientação de pessoas que trabalham com pacientes com Alzheimer e serviu de inspiração para um modelo de aprendizagem empregado em jardins de infância.

Há, ainda, uma escola primária, na cidade de Parchim, e uma escola profissionalizante em Berlim, que levam o nome do educador brasileiro. E em novembro do passado, o Congresso Paulo Freire reuniu pesquisadores na Universidade de Hamburgo.