Volpi apresenta projeto para pagar dívida com os professores da gestão Kiko e Roncon

0

Prefeito protocolou nesta quarta-feira projeto que eleva o piso dos professores e paga atrasados deixados pela gestão anterior

Na manhã desta quarta-feira, dia 10, o prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi, protocolou pessoalmente na Câmara Municipal o Projeto de Lei que eleva o piso salarial dos professores da rede municipal. Já a partir deste mês, a categoria passa a receber o Piso Nacional (Lei nº 11.738) de R$ 2.886,24 (reajuste de 10,59%). A tabela dos profissionais que já recebem acima do piso também terá reajuste.

ATRASADOS DEIXADOS PRO KIKO/RONCON – em 2020, o ex-prefeito Kiko e seu vice Gabriel Roncon não cumpriram a lei e deixaram de pagar o piso para os professores. Essa irresponsabilidade fez com que a atual gestão herdasse uma dívida com a categoria de mais de R$ 4 milhões.

CLÓVIS VAI PAGAR OS ATRASADOS – Além de reajustar o piso dos professores, a prefeitura vai quitar os atrasados de 2020 deixados por Kiko e Roncon. Nos próximos dias, cada profissional que recebia abaixo do piso vai receber à vista R$ 3.280,85. Já o equivalente aos 10 meses de 2021, o prefeito propõe o pagamento em 10 parcelas de R$ 245,83.

“As medidas de responsabilidade fiscal que adotamos desde que assumimos em janeiro, equilibraram as contas do município e já nos permitem começar a fazer importantes investimentos. Um deles é o pagamento do Piso Nacional para os professores”, disse o prefeito complementando que essa medida “corrige injustiças, recompõe o poder de compra da categoria e ajuda a movimentar a economia do município”.

IDA À CÂMARA – o prefeito fez questão de protocolar pessoalmente o projeto no Legislativo para que pudesse fazer todos os esclarecimentos possíveis aos vereadores. Todos os 17 parlamentares estavam presentes. Os secretários de Educação, Rosí de Marco, de Finanças e Administração, Eduardo Pacheco, e Assuntos Jurídicos, Rangel Ferreira, também acompanharam a solenidade de protocolo do projeto.