Ribeirão Pires registra saldo positivo na criação empregos formais

0
Setor de comércio foi o que registrou o maior crescimento em outubro, com 51 novos vínculos

Com resultados de outubro divulgados, Estância acompanha média nacional também registra continuidade no crescimento de todos os setores, mostra CAGED

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência, Ribeirão Pires fechou o mês de outubro com um saldo positivo na criação de empregos formais. Com isso, a Estância acompanha média nacional de crescimento empregatício e já soma o sétimo mês de saldo favorável desde o início do ano, além de registrar o crescimento de todos os setores.

O último relatório, que detalha o desempenho da cidade no mês de outubro, mostra que Ribeirão Pires criou, ao todo, 135 vagas de empregos formais, o que beneficiou a continuidade do crescimento de todos os setores, como o comércio que somou 51 novos trabalhadores, serviços (+37), Indústria (+24) e Construção (+23). Com este saldo, Ribeirão Pires totaliza mais de 866 admissões desde o início do ano.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda de Ribeirão Pires, Marli Silva, este resultado é importantíssimo para a cidade. “Entender que estamos alavancando o desenvolvimento da economia local mostra como nossos esforços estão dando frutos. Ainda não terminamos o ano e já vemos uma grande evolução, e para os próximos meses nós temos projeções de números ainda maiores, estamos trabalhando para isso”.

Ainda segundo Marli, todos estes esforços auxiliam no crescimento dos pilares econômicos da Estância. “Nossa indústria cresceu bastante, acompanhada pela construção e os serviços gerais. Com este crescimento contínuo, iremos aumentar a empregabilidade na cidade e, consequentemente, reduzir o cenário de desemprego”, finalizou.