Kiko tem mais uma liminar negada pelo STJ e justiça mantém o tucano inelegível

O Superior Tribunal de Justiça negou outro pedido de liminar do prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSDB).

O pedido de Tutela Incidental foi a terceira medida jurídica que o tucano tentou durante o período eleitoral, no entanto, a ministra Regina Helena Costa, indeferiu o pedido de liminar, na noite desta quarta-feira (14), mantendo o prefeito inelegível e sem condições de disputar as eleições.