GCM de Ribeirão Pires registra BO contra homem acusado de agredir atendente no Drive Thru de vacinação

0

Além da agressão, o acusado divulgou vídeo nas redes sociais atacando funcionários públicos da cidade

A Guarda Civil Municipal de Ribeirão Pires abriu dois boletins de ocorrência contra Antônio Leandro Benevides, mais conhecido como Majerele, acusado de agredir funcionária de vacinação no Drive Thru do Complexo Ayrton Senna na última terça-feira, dia 10. Dentre as acusações, estão um BO de desacato e agressão, e outro de calûnia, injúria e difamação contra órgão público, após o homem, que possui histórico violento na cidade, divulgar vídeo nas redes sociais atacando funcionários da Estância.

Ao todo, o homem possui 16 boletins de ocorrência em Ribeirão Pires. Dentre eles, há processos de injúria, lesão corporal, ameaça e incêndio. Em 2018, por exemplo, Majerele agrediu o então presidente da Câmara Municipal, Ruben Fernandes, o Rubão, com um tapa no rosto.

A agressão a uma funcionária do Drive Thru de vacinação aconteceu na última terça-feira, dia 10, após a profissional solicitar os documentos comprobatórios para aplicar a vacina na esposa do acusado. Inconformado com o fato de não possuir os documentos necessários, o homem agrediu fisicamente a funcionária, além de difamar toda a equipe de vacinação ali presente. O agressor foi abordado pela PM e também pela GCM e conduzido à delegacia.

Logo após o caso, a Prefeitura de Ribeirão Pires divulgou uma nota em suas redes repudiando veementemente a agressão cometida pelo homem. “Práticas de intolerância, agressões injustificadas, discriminação ou ataques, sejam de qualquer natureza, não se sustentam num ambiente plural, ainda mais em um momento em que passamos pela maior crise sanitária da humanidade e deveríamos estar todos unidos contra a Pandemia do Coronavírus.