Vigilância Sanitária de Mauá fiscaliza cerca de 100 estabelecimentos por dia

0

Objetivo é garantir o cumprimento de regras sanitárias e combater a proliferação da Covid-19

É um trabalho árduo, realizado praticamente 24h por dia. Fiscais da Vigilância Sanitária de Mauá, graças a denúncias ou mesmo durante as rondas realizadas, percorrem toda a cidade para garantir que as normas sanitárias, inclusive aquelas estabelecidas para conter a proliferação da Covid-19, estão sendo cumpridas. São cerca de 100 estabelecimentos visitados diariamente, desde a região central até os bairros mais distantes.

Entre segunda (29/03) e terça-feira (30/03) desta semana, foram 180 inspeções. Ao menos 20 autuações foram lavradas pelos motivos mais diversos, como venda de bebida alcoólica e funcionamento fora do horário permitido pelo decreto. Entre os estabelecimentos notificados estavam bares, mercados, postos de combustíveis e restaurantes.

Secretária municipal de Saúde, Célia Bortoletto reforça que a ideia é conscientizar e informar a população sobre a importância destas decisões que, embora possam ser impopulares, são tomadas para salvar vidas. “Vemos que as pessoas, aos poucos, estão compreendendo a gravidade do momento. A maioria concorda e fecha seus comércios sem reclamar. No entanto, ainda temos alguns que insistem em buscar maneiras de burlar a regulamentação vigente” explica.

Postos de combustíveis e lojas de conveniência precisam fechar as 19h

O Tribunal de Justiça de São Paulo derrubou, na noite desta segunda-feira (29/03), liminar que permitia o funcionamento de postos de combustíveis e de lojas de conveniência 24h por dia, inclusive aos fins de semana, mesmo durante as fases restritivas que visam combater a propagação da Covid em Mauá. Portanto, volta a valer a regra de que esses estabelecimentos comerciais só podem funcionar até as 19h.