Vereador Cachorrão divulga documento com denuncia de suposta corrupção da família Damo

0

O vereador Adelto Cachorrão (Avante), usou a tribuna da Câmara Municipal de Mauá para apresentar um documento, que segundo ele, foi protocolado no Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado); no Ministério Público; Polícia Civil e Polícia Federal, na qual contém uma denúncia de corrupção contra a família Damo, na gestão de Leonel Damo em 2006.

Segundo o vereador, caso a denuncia se confirme após as acusações, o fato poderia levar ao impeachment da prefeita Alaíde Damo interina (MDB). Veja o vídeo

“Tá aqui o processo envolvendo o nome da prefeita, se for comprovado deve causar o impeachment da atual prefeita da nossa cidade.Eu vou procurar saber no Ministério Público em que pé que está essa denuncia, e se for o caso vou protocolar novamente”, apresentou Cachorrão.

Diz aqui que pessoas da família da atual prefeita, e o nome dela também está envolvido, fizeram uma situação com a Ecosama /Odecbrecht. Não sou eu que estou dizendo que fizeram isso, quem tem que provar é o Ministério Público e o Gaeco”, relatou.

De acordo como documento apresentado pelo vereador, a venda na época da Ecosama para Odebrecht houve um possível pedido de propina no valor de R$ 6 milhões para efetivação da venda. Veja a documentação abaixo.

Até o momento não houve pronunciamento oficial da prefeita Alaíde Damo