Mauá recebe usina de oxigênio para o Hospital Nardini

0

Doação foi feita pela Braskem e vai gerar economia aos cofres públicos da cidade

A Prefeitura recebeu uma nova usina de oxigênio para integrar a rede de saúde pública de Mauá. O equipamento, doado pela empresa Braskem, está instalado no Hospital Nardini.  O insumo é de vital importância aos pacientes com crise respiratória aguda.

Atualmente, o oxigênio utilizado no hospital é disponibilizado por meio de contrato com empresa fornecedora. Com a usina doada, o município passará a gerar parte do gás, o que representará economia de até 20% no valor pago pelo insumo.

O equipamento funciona como um gerador de gás hospitalar e tem capacidade de produzir 20 metros cúbicos de oxigênio por hora. O ar comprimido passa por uma série de filtragens. Durante o processo são removidos os elementos indesejados, como o dióxido de carbono e o nitrogênio, por exemplo. Com a purificação, o oxigênio vai aos pacientes com uma pureza de 95%.

A produção do gás no próprio hospital, por meio das usinas, melhora a qualidade do abastecimento e reduz o custo com logística.