Mauá: Motoristas de Ônibus devem aderir à Greve contra Previdência de Bolsonaro dia 14

Na próxima sexta-feira, dia 14 de junho, está marcada em todo o País a chamada greve geral contra a Reforma da Previdência. Diversas centrais sindicais devem paralisar as atividades o dia inteiro, em Mauá o sindicato ligado aos motoristas de ônibus pretende aderir à Greve Geral.

CPTM e METRÔ 

Os sindicatos que representam os ferroviários e os metroviários já confirmaram que terá paralisação no sistema, muito provavelmente as únicas linhas de transporte sobre trilhos que não serão afetadas são, as 4 e 5 do metrô por serem privatizadas, porém isso é uma incógnita, já que a reforma da previdência afetará a todos, inclusive esses trabalhadores.