Lulinha a eterna promessa Mauaense do Corinthians

O jogador “Filho de Mauá” Luiz Marcelo Morais dos Reis, conhecido como Lulinha, iniciou na base do Corinthians, onde atinge a espantosa marca de 297 gols pelo sub-17 do Timão, chamando atenção de grandes clubes europeus, como Barcelona e Real Madrid.

Lulinha subiu para o profissional do Corinthians com apenas 17 anos, como o maior artilheiro das categorias de base do clube, com 297 gols. Depois da boa atuação pela Seleção Brasileira Sub-17, com 16 gols em 16 jogos,logo recebeu sondagens do Chelsea e do Barcelona, e então, renovou seu contrato com o Corinthians, agora aumentando sua multa rescisória, que era de US$ 5 milhões, para US$ 50 milhões. Lulinha na época, chegara com status de que iria salvar o Corinthians do rebaixamento e que iria livrar o time da grande crise que sofria. Mesmo com boas atuações, o Corinthians acabou sendo rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, vivendo o pior momento de toda a sua história.

Em 2008, o jogador não conseguiu corresponder à torcida com gols, como os gols que havia feito o seu amigo Dentinho, mas com boas atuações e muitas assistências era titular da equipe de Mano Menezes. Com a chegada dos meias Douglas e Morais acabou perdendo espaço no time. Após o seu primeiro gol como profissional, a torcida achou que Lulinha iria desandar a fazer gols, e logo no jogo seguinte Lulinha marcou outro gol, contra o Bragantino. Aliás, este time é o clube que mais sofreu gols de Lulinha como profissional: foram 2 gols em 3 jogos contra o clube.

Em 2009, mesmo conseguindo os títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, Lulinha e não teve boas atuações e não aproveitou as poucas oportunidades durante o jogo.

Depois de três anos sendo emprestado, o jogador, ao final de 2012, tem seu contrato com o Corinthians encerrado. Apesar de não ter sido procurado para uma renovação, Lulinha busca, a partir de 2013, um recomeço à carreira.

Atualmente Lulinha joga no time sul-coreano Pohang Steelers.