Em comemoração aos 50 anos do Pasquim, Biblioteca Nacional vai disponibilizar todas edições on-line

Fonte: Hypensess

Uma das publicações mais importantes do jornalismo brasileiro – O Pasquim, completa 50 anos este ano e para comemorar, todas as suas edições serão disponibilizadas online pela equipe da Biblioteca Nacional.

Criado em plena ditadura militar, o semanário mais irreverente do país representou um período de forte censura, contrastante com a efervescência cultural e artística brasileira, um verdadeiro paradoxo.

O Pasquim foi um semanário alternativo brasileiro, de característica paradoxal, editado entre 26 de junho de 1969 e 11 de novembro de 1991, reconhecido pelo diálogo entre o cenário da contracultura da década de 1960 e por seu papel de oposição ao regime militar.

De uma tiragem inicial de 20 mil exemplares, que a princípio parecia exagerada, o semanário (que sempre se definia como um hebdomadário) atingiu a marca de mais de 200 mil em seu auge, em meados dos anos 1970, se tornando um dos maiores fenômenos do mercado editorial brasileiro.