Com sistema Detecta, São Caetano do Sul cria barreiras eletrônicas

Todas as entradas e saídas de São Caetano do Sul já estão monitoradas com o sistema Detecta – Barreiras Eletrônicas. A medida visa ampliar a segurança no município, por meio desse sistema de inteligência e informação aplicado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado em convênio com a Prefeitura.

 O anúncio do início das operações foi realizado nesta segunda-feira (18/12), no Palácio da Cerâmica. O prefeito José Auricchio Júnior destacou a integração das forças policiais com o município no combate ao crime. “O Detecta é um sistema de muita eficiência, que organiza dados em fração de segundos e devolve a informação que auxilia no combate à criminalidade tanto imediatamente quanto em um processo posterior de investigação”, afirmou o prefeito.

 As 13 entradas e saídas de São Caetano do Sul contam 37 câmeras, chamadas de leitores automáticos de placas. Os equipamentos leem as placas dos veículos e levam os dados em tempo real às viaturas da Polícia Militar e a uma central estratégica da Guarda Civil Municipal.

 O sistema Detecta também está conectado às outras câmeras de trânsito do município. Ou seja, o monitoramento de segurança está em 27 pontos de controle da cidade, perfazendo um total de 65 leitores automáticos de placas (câmeras).

 “Desde o início do ano o prefeito Auricchio nos pede para que seja ampliada a sensação de segurança na cidade e tem nos dado todo o apoio para atingirmos este objetivo. O Detecta é mais uma parte de todas ações que estamos realizando em conjunto entre Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal”, disse Elaine Biasoli, secretária de Segurança de São Caetano do Sul.