Auricchio tem recurso aceito e poderá deferir candidatura à reeleição

0

O desembargador Waldir Nuevo Campos, presidente do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) deferiu o recurso especial e o efeito suspensivo feito pelo prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), em relação a uma das ações sobre as doações julgadas irregulares na disputa de 2016. A decisão foi tomada no último dia 23, mas só foi divulgada nesta quinta-feira (29/10).

A defesa do tucano alega que o candidato não teria a obrigação de verificar as condições financeiras de seus doadores e que não teria dolo de Auricchio em receber uma doação ilícita durante a campanha eleitoral.


Especialistas em direito eleitoral considerma que a ação habilita os direitos políticos de Auricchio, o que daria razão ao deferimento da candidatura do primeiro para prefeito.