São Paulo, Rio e Salvador têm protestos contra incêndios na Amazônia

Manifestantes levaram faixas contra o presidente Jair Bolsonaro e contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles (NOVO)

Protestos contra o presidente Jair Bolsonaro e contra a destruição da Amazônia por incêndios florestais foram registrados nas capitais do Rio, de São Paulo,em Salvador, na Bahia, e outras grandes cidades do País na noite desta sexta-feira, 23. 

Em São Paulo, centenas de pessoas se reúnem em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), na avenida Paulista. Com gritos ordem contra Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, eles ocuparam a Avenida no sentido Consolação por volta das 18h30 e bloquearam a pista instantes depois. O grupo foi cercado por policiais militares, mas sem indícios de confrontos. 

Eles pedem a saída do ministro Salles do cargo, e do próprio presidente. “Fora Salles” e “Bolsonaro sai, a Amazônia fica” São alguns dos coros que dão o tom da manifestação, que reúne desde estudantes secundárias a empresários e representantes de ONGs.