Aliados de Atila usa frase do PT contra pedido de impeachment feito pelo partido

Na tarde de ontem (14), o Partido dos Trabalhadores de Mauá, liderado pelo ex-vice prefeito, Paulo Eugenio e o vereador, Marcelo Oliveira deu entrada na Câmara de Mauá o pedido de impeachment do prefeito, Atila Jacomussi (PSB). O PT defende o afastamento ou a renuncia do prefeito, após sua prisão na Operação “Prato Feito”.

Em resposta, aliados do prefeito Atila reproduziu a frase utilizada pelo PT na época do impeachment da presidente, Dilma Roussef; “Não vai ter golpe!”. Assessores, secretários e lideranças políticas trocaram suas fotos de perfil no Facebook pela arte com a frase.

Um aliado próximo ao prefeito, afirmou em “off” ao nosso site, que o impeachment ou a renuncia do prefeito não está descartada pelo grupo e que as ações serão rechaçadas pela base na Câmara Municipal.