Paraisópolis: Corinthians convida familiares de vítimas para entrar em campo neste domingo

O Corinthians convidou dois familiares do garoto Dennys Santos, morto aos 16 anos após intervenção da Polícia Militar num baile funk da favela de Paraisópolis, para acompanhar a partida contra o Fluminense na Arena, domingo, às 16h (de Brasília), pela última rodada do Brasileirão.

Estarão presentes o irmão Lucas Santos, de 10 anos, e o primo Murillo dos Santos, de quatro, parentes de Dennys Santos, que era torcedor do Corinthians. Os dois entrarão em campo com os jogadores.

Dennys morreu uma das vítimas da ação da Polícia Militar que resultou em nove mortes na comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada do último domingo. Segundo a PM, o jovem teria sido pisoteado durante o procedimento.