Deputado Coronel Nishikawa recebe resposta da STM sobre a Linha 20- Rosa do Metrô

0

Nesta terça-feira (13) o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy respondeu a solicitação enviada pelo Deputado Coronel Nishikawa (PSL), que questionou sobre a fase da linha 20-Rosa do Metrô e também sobre o Plano de Mobilidade da região do Grande ABCD.

Segundo resposta da Pasta, o prazo de execução previsto da obra é de 32 meses. Além de Baldy, o documento também é assinado pelo Diretor-Presidente em Exercício, Renato Palma, da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô, que informa ao parlamentar, que a instituição assinou contrato com o Consórcio GPO-GEOCOMPANY-GOETEC, referente à prestação de serviços técnicos especializados de engenharia, arquitetura e geologia para o desenvolvimento da Linha 20-Rosa.

Segundo a instituição, no presente momento já se encontra emitida a primeira Ordem de Serviço e os trabalhos estão em desenvolvimento. Vale ressaltar que as informações referem-se ao trecho que ligará a região da Lapa, no município de São Paulo, ao município de Santo André, atendendo, desta forma, a região do grande ABCD.

O Deputado protocolou o ofício em fevereiro à Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) com o objetivo de esclarecer a população sobre a Linha 20-Rosa e também sobre o Plano de Mobilidade da região do Grande ABCD.

“Como membro da Comissão de Assuntos Metropolitanos e Municipais e da Comissão de Transportes e Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e representante da região do ABC, solicitei as informações com a finalidade de responder a população”, enfatizou Nishikawa.

Ainda, segundo a Secretaria de Transportes, em relação aos Planos de Mobilidade para a Região do Grande ABC, a STM em conjunto com suas empresas vinculadas: EMTU, CPTM e Metrô definiu o atual Plano Plurianual de Investimento de acordo com as diretrizes da Atualização da Rede Metropolitana de Alta e Média Capacidade de Transporte da RMSP.

Neste plano consta a configuração da rede de transporte coletivo RMSP, envolvendo não apenas as linhas do Metrô, mas também o sistema de trens metropolitanos da CPTM e o sistema de ônibus metropolitanos EMTU.

Além disso, a STM também informou que está atualmente desenvolvendo o Plano Integrado de Transportes Urbanos – PITU 2040, que irá se constituir em novo plano base para empresas vinculadas planejarem a expansão de seus sistemas.