Com sistema paulista em colapso, João Doria apela para criação da vacina para salvar sua imagem

0
Sao Paulo's Mayor Joao Doria reacts during a meeting of the Brazilian Social Democracy Party (PSDB) in Brasilia, Brazil June 12, 2017. REUTERS/Ueslei Marcelino

Com o sistema de Saúde paulista em colapso, pacientes morrendo a espera de UTI no Estado de São Paulo, e com a rejeição crescente entre prefeitos com o governo estadual, João Doria usa a criação de vacina como marketing para tentar salvar sua imagem política.

João Doria convocou uma entrevista coletiva para anunciar a ButanVac, uma vacina criada e desenvolvida pelo Instituto Butantan. Segundo o tucano, em julho o imunizante poderá fazer parte vacinação nacional. Prazo que os cientistas contestam.

O Instituto Butantan desenvolveu uma nova fórmula de vacina contra a Covid-19. A entidade ligada ao Governo de São Paulo pedirá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar a testagem.

João Doria ficou em situação política delicada nos últimos dias com o aumento do número de mortos a espera de UTI, com a pressão dos prefeitos e com a entrada de Lula no cenário político para 2022.

O tucano buscava polarizar com o atual presidente, Jair Bolsonaro, no entanto a anulação da sentença de Lula no STF, complicou os planos de Doria.

Diante do atual cenário, Doria precisa quebrar o cenário polarizado entre Lula e Bolsonaro e busca ações que elevem seu nome para uma disputa a presidência.

No entanto, as ações de marketing do governador são frágeis e destoam das ações reais no combate a pandemia. Prefeitos reclamam da falta de investimento de leitos nas cidades, na falta de atenção do governo paulista com os munícipios pequenos, e na falta de ações enérgicas no combate ao covid-19 na grande São Paulo.

A vacina poderá ajudar o Brasil? Sem dúvida nenhuma, mas e o Doria?