Ao criar cota para negros em concurso, Prefeito de Mauá sofre ataques racistas

Foto: Elson Rocha

O prefeito da cidade de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), assinou no dia 30 de Outubro, projeto de lei que oferece cota de 20% das vagas em concursos públicos para negros e pardos. A proposta foi encaminhada e aprovada na Câmara dos Vereadores em 12 de Novembro. Porém o que é uma política pública e de reparo histórico, acabou criando polêmica e ataques ao chefe do executivo da cidade localizada no ABC Paulista.

Logo após publicação sobre o projeto nas redes sociais, várias pessoas começaram a atacar o Socialista pela ação. Vale ressaltar que todos os comentários foram feitos por caucasianos.

A cota de 20% para negro e pardos é lei federal desde 2014.

Veja alguns comentários: