Steve Bannon, conselheiro de Trump e família Bolsonaro é preso nos EUA

O antigo conselheiro da Casa Branca e do presidente Donald Trump, Steve Bannon, foi preso nesta quinta-feira (20) por fraude em uma campanha de arrecadação de fundos para a construção de um muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México, disse o Departamento de Justiça.

Segundo a CNBC, Bannon e outros 3 sócios foram indiciados em Nova York. Os investigadores alegam que o grupo conseguiu mais de 25 milhões de dólares dos doadores. 

Bannon também estabeleceu laços em 2018 na campanha de Jair Bolsonaro, através do filho do então candidato, Eduardo Bolsonaro.