UFABC vai fabricar álcool eem gel e testes para Covid-19

Projeto conjunto da Universidade Federal do ABC (UFABC) e Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) acaba de ser selecionado pelo Ministério da Educação (MEC) para receber R$ 488 mil, cujo destino serão ações de enfrentamento ao novo coronavírus na região do ABC.

A verba Federal será utilizada em três frentes de trabalho. A primeira refere-se à produção de álcool em gel, a ser destinada ao atendimento da demanda do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André. Eventual produção excedente poderá ser encaminhada para outras unidades de saúde dedicadas ao combate à Covid-19.

A segunda frente inclui a produção de 3 mil testes de biologia molecular RT-PCR. Esse tipo de teste laboratorial é utilizado na identificação do novo coronavírus e direcionado para casos considerados graves. A iniciativa é fruto do relacionamento técnico-científico entre a UFABC e a FMABC, especialmente em função do trabalho conjunto da Dra. Márcia Aparecida Sperança (UFABC) e do grupo do Laboratório de Análises Clínicas da FMABC, composto pelos pesquisadores Beatriz Alves, Glaucia Luciano e Matheus Perez, sob coordenação do Dr. Fernando Fonseca. A parceria inclui três bolsas de estudo, no valor de R$ 2 mil cada, outorgadas a três estudantes de pós-graduação da UFABC pelo período de três meses, além de equipamentos de proteção individual (EPI) para uso em laboratório.

Por fim, a terceira frente contemplada com o investimento do Governo Federal refere-se à utilização de veículos da frota da Universidade Federal do ABC para o transporte de urgência de profissionais que compõem as equipes de saúde que estão atendendo na região do ABC.

Os recursos referentes ao Ofício-Circular nº 4/2020 foram obtidos pela UFABC/FMABC e por outras Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) que lograram responder com agilidade à demanda do MEC. Para o reitor Dácio Matheus, o resultado positivo é, também, reflexo da articulação regional que a universidade mantém com autoridades sanitárias e grupos técnicos e científicos do Grande ABC.