6 bandas indies Brasileiras que todos deveriam ouvir

Após algumas semanas sem a coluna musical do Bastidor, voltamos com as melhores dicas de bandas Indies Brasileiras.

6 – Scalene 

Scalene é uma banda de Brasília formada no ano de 2009. Eles já lançaram 4 EPs, 4 álbuns de estúdio e 1 álbum ao vivo.A banda participou da segunda temporadado reality show musical Superstar, da Rede Globo, onde terminou como vice-campeã. A banda foi vencedora do Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock em Língua Portuguesa 2015/2016 com o álbum Éter

5 – Banda do Mar

Banda do Mar é uma banda luso-brasileira composta por Marcelo Camelo, Mallu Magalhães e Fred Pinto Ferreira. Anunciada em 6 de maio de 2014, a banda lançou álbum homônimo em agosto do mesmo ano e seguiu em turnê na sequência. A banda teve um período sabático de 2015 até 2018.

4 – Menores Atos


Sempre foi visceral, sincero e intenso. Nunca se prendeu a rótulos ou modismos. Letras fortes, melodias marcantes. Em 2014 a banda carioca lançou Animalia, um disco urgente, pessoal, revelador e que foi responsável por colocar o nome da banda no mapa de uma forma bastante positiva.

3 – Terno Rei

Em meados de 2010, surge o Terno Rei, formado por Bruno Rodrigues (Guitarra), Gregui Vinha (Guitarra), Luis Cardoso (Bateria), Victor Tombo (Percussão) e Ale (Voz e Baixo). A banda paulistana aposta no desenvolvimento de um estilo próprio conjugando sonoridades que passeiam pelo rock alternativo e a música brasileira. As letras procuram retratar temas recorrentes e conflituosos do cotidiano contemporâneo, sendo acompanhadas por arranjos autênticos e detalhistas.

2 – A Banda Mais Bonita Da Cidade

A banda paranaense inicialmente começou no ano de 2009, sendo que sua primeira música de sucesso e clipe foram “Oração”, em 2011 lançado no youtube. A proposta inicial da banda era cantar músicas de autores locais, pesquisaram produtos de vários autores e rearranjá-las para deixar-las mais com a cara da banda. 

1 – Vanguart


A banda inicialmente começou apenas com Helio Flanders em 2002. Ele tinha um violão antigo do seu pai, e gravou os primeiro álbum em um microfone simples e um computador. Logo após a sua volta da Bolívia, ele chamou uns amigos que sabia tocar melhor pra formar uma banda. A banda inicialmente cantava músicas em inglês, o primeiro EP Before Vallegrand tinha regravações do segundo disco caseiro The Noon Moon. No mesmo ano de 2005 a banda começou cantar em festivais independentes, assim dando um certo reconhecimento para banda. No ano de 2006 a banda lança um grande single “Semáforo”, a música estourou no movimento independente do Brasil. E no ano seguinte eles lançaram seu primeiro álbum em estúdio, nomeado “Vanguart”. Então começaram a cantar em festivais como Tim Festival, e foram para o Rio de Janeiro apresentar em um festival que acabou sendo cancelado devido ao temporal. Participaram do programa Som Brasil da Rede Globo para homenagear Raul Seixas e cantaram “Cowboy Fora da Lei” e “Rock das Aranha”. Em 2011 lançaram seu segundo álbum “Boa Parte de Mim Vai Embora”, tendo um total de 13 faixas e teve participação da violinista Fernanda Kostchak, que no final das contas acabo tornando mais um membro da banda. No ano seguinte a banda conquistou o prêmio de melhor banda no VMB 2012. E no ano de 2013 a banda lançaram seu terceiro álbum “Muito Mais Que O Amor”, e foi muito bem aclamado pelo publico sendo que o próprio Helio falo que esse álbum tem um contexto mais sobre o amor, e que deixa de lado a pegada que eles tinha antes. E a música “Meu Sol”, estava presente na novela Além do Horizonte.

Contribuição: Café e Indie