Opinião: Manipulação que vai além da corrupção dos aparelhos de um Estado

Por Reginaldo Alexandre

Joesley gravou conversas de Temer e seus amigos secretos no palácio do Jaburu. A grande mídia como: Rede Globo entre outras emissoras, de rádio e Tv, seguem fielmente peritos e “justiceiros entreguistas”, surdos, cegos e mudos que declararão inaudíveis trechos dos áudios, cometendo o mesmo crime que a PF atribuiu a investigados, obstruindo e não revelando nomes citados, bem como trechos importantes de conversas comprometedoras que demonstram a presença de outras pessoas que mediavam o encontro entre o presidente Michel Temer e Joesley Batista.

Demonstrando que a algo muito maior que imaginamos. Fato este que fica evidente, pois é possível perceber timbres de vozes diferentes omitidos pelos próprios peritos; comprometendo, não a autenticidade dos áudios, mas a “fé publica de pessoas e instituições”, que tratam os Brasileiros como bobos de uma corte espectadora dependente de um circo televisivo adestrador; que treina multiplicadores do senso comum através do status Quo, para que a população aceite a obstrução da justiça pela própria justiça, pelo jeito o golpe e os golpistas que estão além das três esferas manipulado a opinião publica; enveredando um projeto pessoal onde ninguém sabe e ninguém ouviu… “de copo de verdade” como disse Joesley!

Conversas

Nas conversas e frases ditas por estas possíveis pessoas que eram interlocutoras e mediadoras deste encontro inusitado, do qual, quem ouvir atentamente os áudios disponíveis na própria internet perceberá frases como: “presidente temos 11 ministros”; “evidentemente que não pode assim; não ouse não nomeie; relativamente é o Rodrigo, Ele faz o que eu peço… Recolhimento, porque “ele é um bom súdito” ! eu garanto!

Entre outras palavras nos áudios “inaudíveis”para grande mídia e os representantes do grande capital que não desejam que o povo saiba de seus projetos e seus e seus súditos servidores como Henrique Meireles citado não só por Joesley, Temer e estas outras pessoas que cujas vozes não foram identificadas pelos ditos peritos dos áudios;mas que ficam evidente nestas citações “Ele me conhece muito bem”, Ele vai fazer a opção dele etc…

Deixando claro que a Injustiça, a grande impressa, estão intrinsecamente afinadas, com a agenda das reformas, trabalhistas, previdenciárias e as privatizações, do protegido Meireles, principal articulador dos interesses internacionais de mercado, ao ponto de não ser inserido nas investigações, mesmo sendo um dos nomes mais citados e pouco divulgados, talvez por ser peça chave e o motivador das obstruções que poderiam comprometer os amigos secretos de Temer e os indícios claros, de uma “imposição da justiça ou obstrução… feitas por transcrições dos principais meios de comunicação que ao trocarem o nome pardo por /Eduardo que ligava para o Gedel ou o cumpanheiro dele que Joesley disse que estava lá… Não fossem de fato questionadas…

Como as outras pessoas que secretamente os homens de preto da injustiça não revelariam, pois as viagens para os Estados Unidos com o dinheiro do povo, para fazer palestras de combate à corrupção não serão prejudicadas, pois eles devem não se preocupar com os trabalhadores, que veem seus direitos sendo dilacerados por estas reformas entreguistas que desmontam o Estado de Direito, que Irineu Evangelista, Getúlio Vargas, João Goulart, Antônios conselheiros, cavaleiros da justiça, anarquistas, comunistas, socialistas, não onipotentes, onipresentes e onicientes por isso entregues a falência, ao exílio e ate a morte provocada pelos golpistas e entreguistas construtores de golpes que nem com as orações de Frei Beto e o papa Francisco, ao Grande Arquiteto do Mundo, poderiam prever, mas somente mover o povo a busca da verdade, pois está libertaria a todos de Fariseus e falsos representantes surdos, e mudos que servem a interesses obscuros…

Portanto espero que a história deva um dia transcrever os áudios que não são inaudíveis e comprovar o golpe contra a ideia de Estado Nação que não é visto por tecnocratas de um regime plutocrático; onde todo o dinheiro da lava Jato, não fica no país, e a grande mídia, assim como a maioria dos que tem o poder negam e escondem covardemente os nome dos golpistas e seus lacaios como o tal do Rodrigo que deveria se apressar de um encontro como dos muitos não agendados, onde se entre pela garagem… Confesso cabisbaixo, introspecto, taciturno, que diante de tudo fico na ciência de que: SOMOS UM POVO COM HISTÓRIA, MAS LAMENTÁVELMENTE, SEM MEMÓRIA.

Por Reginaldo Alexandre Cientista social Fundação Santo Andre.