Assessor parlamentar do PSL atira em cachorro e alega legítima defesa

O assessor parlamentar da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Rodolfo Laterça, é investigado por atirar contra um cachorro em Campos do Jordão (SP). Nesta sexta-feira (28) a Polícia Civil cumpriu um mandado de busca na casa de Rodolfo e apreendeu uma arma. À polícia ele confessou que fez o disparo, mas alegou legítima defesa.

O disparo aconteceu na última sexta-feira (21) no imóvel de Laterça, que fica no bairro Alto da Boa Vista. O animal, que é da raça Golden Retriever, pertence ao dono de uma pousada vizinha ao imóvel.

Rodolfo Laterça é assessor do deputado, Anderson Moraes (PSL), alegou a polícia que o cachorro apareceu no quintal e as filhas se desesperaram, ele então disparou, mas afirmou não saber dos ferimentos.

O dono do animal explicou o ocorrido.

“Estava chovendo e o cachorro estava brincando com as crianças que estavam hospedadas na pousada. De repente, ouvimos um barulho, como um raio, fui procurar pelo cachorro e o encontrei ensanguentado”, conta o proprietário da pousada, Bernard Contipelli.