Três Ministros e seis deputados são autuados pelo Governo de SP por não uso de máscara em manifestação

0

Ricardo Salles, Marcos Pontes e Tarcísio Gomes e parlamentares estavam ao lado de Bolsonaro sem a proteção facial obrigatória em manifestação deste sábado (12); autuações se aplicam a dez autoridades públicas que descumpriram a legislação

O Governo do Estado de São Paulo autuou na tarde deste sábado (12) os Ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, além de outros cinco deputados que participavam de manifestações ao lado do Presidente Jair Bolsonaro sem utilizar máscaras. Agora, sobe para dez o número de autoridades identificadas no decorrer do dia pelos profissionais da Vigilância Sanitária estadual que infringiam as regras de prevenção na ocasião.

Salles, Pontes e os deputados federais Carla Zambelli, Cezinha de Madureira, Coronel Tadeu e Hélio Lopes, além do deputado estadual Gil Diniz, foram autuados pela Vigilância Sanitária em R$ 552,71 cada por descumprimento da legislação que determina o uso da proteção facial em espaços públicos.

No período da manhã, houve autuações para Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes.

Os autos serão enviados via Correios para cada um e registram as normas previstas na lei, citando a necessidade da manutenção das medidas preventivas já conhecidas e preconizadas pelas autoridades sanitárias internacionais, como uso de máscara e distanciamento.

O uso de máscaras é obrigatório no Estado de São Paulo desde maio de 2020, conforme Decreto nº 64.959 e resolução SS 96.