Senado aprova nova data para eleições; texto segue para Câmara

0

Senado aprovou nesta terça-feira, 23, o adiamento das eleições municipais para 15 de novembro – data de votação no primeiro turno – e 29 de novembro -, caso as disputas sejam definidas numa segunda etapa. As mudanças no calendário eleitoral foram propostas por causa da pandemia do coronavírus.

A Proposta de Emenda à Constituição foi aprovada em dois turnos de votação, com um placar de 64 a 7. A proposta segue agora para a Câmara, onde há uma resistência maior à medida. Atualmente, a disputa está marcada para 4 de outubro (primeiro turno) e 25 de outubro (segundo turno). Ou seja, se a PEC for aprovada, o primeiro turno da eleição vai ser adiado por 42 dias. Até ontem, o Brasil havia registrado um total de 52.771 mortes e 1.151.479 casos confirmados do novo coronavírus, o que justificaria a mudança nas datas, conforme os senadores.