Por 4,8 milhões, Planalto lança campanha pelo fim do isolamento social

Páginas Bolsonaristas estão divulgando um vídeo como peça de propaganda e mobilização contra o isolamento social, estimulando que as pessoas saiam às ruas e voltem ao trabalho, contrariando orientações da Organização Mundial da Saúde e as determinações dos governadores estaduais.

Apesar das críticas generalizadas que seu pronunciamento em rede de TV no início da semana gerou, Bolsonaro insiste em sua tese de quebra do isolamento social. 

De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, a peça publicitária foi distribuída, em forma de teste, para as redes bolsonaristas. Nela, há afirmações como: “O Brasil não pode parar”. 

A campanha bolsonarista contra o isolamento social está sendo divulgada na página da Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência), cujo chefe, Fabio Wajngarten, foi contaminado pelo coronavírus. 

Bolsonaro postou em sua conta no Facebook o vídeo de uma carreata realizada em Camburiú (SC) contrária ao isolamento social.