Marielle se faz presente na final da Libertadores

Política e futebol, tudo a ver. Assim como o Corinthians se posiciona favoravelmente à esquerda, famoso pela Democracia Corintiana, existem também flamenguistas de esquerda. Uma torcida é chamada de Fla-Antifa, que exprime críticas ao fascismo tão presente neste momento da política brasileira. A Fla-Antifa está neste momento em Lima, no Peru, aguardando a hora da final da Libertadores. E eles fazem questão de demonstrar ojeriza ao fascismo e cobram a solução do Caso Marielle.

O Deputado Federal, Marcelo Freixo (PSOL-RJ), publicou nas redes sociais uma foto onde a vereadora assassinada é destaque.

Antes de embarcarem para Lima, milhares de flamenguistas acompanharam a partida do time para a final da Libertadores contra o River. Durante as comemorações, os torcedores estenderam uma faixa em homenagem ao remador Stuart Angel na despedida do time no Aeroporto do Galeão.

A faixa foi instalada pelos membros da “Flamengo Antifascista” e contou com o apoio de milhares de torcedores por todo o país.

“Stuart Angel foi torturado, morto e enterrado na cabeceira da pista da base aérea do Galeão. Hoje 48 anos após sua morte, pelas mãos da ditadura militar, pudemos homenageá-lo no local em que sofreu, como lembrança por toda dedicação e títulos vestindo nosso manto sagrado. Histórico”, declararam os membros da torcida.

“Combatemos o fascismo no futebol, nas arquibancadas e nas ruas. Não ao futebol”, diz aviso na pagina da Fla-Antifacista no Twitter. “Estamos aqui representando! Marielle também”, diz mensagem na foto em Lima.