Igreja pede R$ 1 bilhão em ação contra Porta dos Fundos e tem prejuízo de R$ 82 mil no processo

A Igreja Templo Planeta do Senhor, com sede na zona oeste do Rio de Janeiro entrou com uma ação contra o grupo de humor Porta dos Fundos e a gigante de streaming, Netflix. A igreja pedia R$ 1 bilhão por se sentir ofendida com o episódio em que o grupo apresenta Jesus Cristo como homossexual.

A ação movida advogado pelo advogado e presidente da igreja. Anselmo Ferreira Melo Costa, solicitava justiça gratuita, no entanto, a juíza do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Patrícia Conceição, negou e a igreja desistiu do processo.

O prejuízo para igreja ficou em R$ 82 mil, e poderia ser maior, já que nem a Netflix, nem o grupo foram notificados. Caso a igreja tivesse continuado com o processo, o valor da ação seria de 10% do valor pedido, no caso R$ 100 milhões.

Igreja

A Igreja Templo Planeta do Senhor e seu representante estão corriqueiramente entrando com ações contra empresas e governos. Recentemente Anselmo Ferreira Melo Costa pediu 420 bilhões de reais contra a China, em decorrência da Pandemia.

A igreja também processou o Estado do Rio de Janeiro exigindo a distribuição de máscaras, luvas e álcool gel para a população.