Deputada do PSL apaga conta no Twitter após internautas acharem suas postagens ‘pró-maconha”

Fonte: Revista Fórum

A deputada estadual Ana Campagnolo (PSL-SC) deletou, nesta segunda-feira (8), sua conta no Twitter, uma das principais ferramentas de comunicação da rede bolsonarista. A exclusão da rede social veio depois que internautas resgataram postagens antigas da parlamentar em que sugeria que fumava maconha e que gostava de trabalhar pouco.

Em julho de 2012 a deputada cria uma frase que coloca letras entre parenteses se lê: “Canabis”.

Em outra postagem a parlamentar questiona os internautas se usa fluoxetina ou canabis nas férias.

Diante das piadas nas redes, a deputada deletou a conta do Twitter e, pelo Facebook, se manifestou. Ela negou que fosse usuária de maconha e justificou dizendo que as postagens seriam irônicas contra “manés que se drogam na faculdade”.