Damares reconhece abstinência sexual como “política pública”

Inspirada no movimento religioso “Eu escolhi esperar”, Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, tem defendido políticas públicas pró-abstinência sexual para prevenir a gravidez na adolescência.

A pasta organizou eventos sobre o tema ao longo dos últimos meses e divulgou nota, nesta sexta-feira (10), em que diz estar formulando “a implementação de política pública com abordagem sobre os benefícios da iniciação sexual tardia por adolescentes como estratégia de prevenção primária à gravidez na adolescência”. Não há informações sobre os gastos e tipos de ações da política.