Bernardo Kuster tem canal desmonetizado pelo Youtube

O youtuber bolsonarista Bernardo Kuster teve seu canal do Youtube desmonetizado pela rede social do Google Após ser denunciado por um levantamento feito pelo jornal O Globo. Ele foi acusado, junto com outros blogueiros, de receber verbas estatais para motivar propagandas pró-Bolsonaro, defender pautas da extrema direita brasileira, como um novo golpe civil militar no país e o fechamento do STF, além de espalhar fake News nas redes. 

Bernardo Kuster é um dos blogueiros bolsonaristas mais populares na internet. Seu canal no YouTube tem mais de 924 mil inscritos. Segundo a ferramenta NoxInfluencer, que avalia o potencial de monetização de canais do YouTube, estima que o canal de Bernardo Kuster lhe rendia aproximadamente R$ 16 mil por mês apenas com a monetização proporcionada pela plataforma