TRE cassa mandato de Auricchio; prefeito pode recorrer ao TSE

O prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Jr. teve o mandato cassado na tarde desta quarta-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo por 6X0. A decisão cabe recurso ao TSE- Tribunal Superior Eleitoral.

O processo julgou como ilegal a doação feita durante a eleição de 2016 por Ana Maria Comparini, aposentada e moradora de Jundiaí e que supostamente teria doado R$ 293 mil.

O prefeito e o vice continuam nos cargos até que não exista mais a possibilidade de entrar com recursos e o caso seja julgado em definitivo.

Outro Lado

O Escritório Barci de Moraes (Sociedade de Advogados) informa que assumiu a defesa do Sr. José Auricchio Júnior, prefeito de São Caetano do Sul, na data de ontem, e entrará com os recursos cabíveis da decisão do TRE, que teve resultado parcialmente procedente.