TCE aprova contas de 2017 de Auricchio

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo emitiu parecer favorável às contas relativas ao exercício de 2017 da Prefeitura de São Caetano do Sul. A sessão foi realizada nesta terça-feira (17/9) e os resultados dos investimentos na área da Educação foram destaque na avaliação do auditor Alexandre Manir Figueiredo Sarquis.

“A Educação recebeu gastos na ordem de 31,01%, cerca de R$ 14 mil por aluno; o Fundeb foi integralmente gasto no exercício e a valorização do magistério esteve no patamar de 95,15%”, ponderou Sarquis. “Outro item que chama a atenção para um município no porte de São Caetano é a nota obtida na Educação Básica, de 7,5, o que é uma avaliação excepcional. A meta para 2021 é 7,2, ou seja, a cidade excede a meta para daqui a alguns anos. A Educação está de parabéns.”

O auditor discordou de apontamentos feito pelo Ministério Público no que se refere a investimentos no Ensino Médio, Superior e/ou Técnico. “Não consigo concordar com nada do que foi dito pelo MP”, disse, ao reproduzir trechos do parecer que questionam os programas de crédito para subsidiar o Ensino Superior mesmo diante da atribuição primordial do município quanto aos ensinos infantil e fundamental.