Secretário da Seais de São Caetano vai a Belo Horizonte para capacitar equipe do Programa Família Acolhedora

0

O secretário de Assistência e Inclusão Social (Seais) de São Caetano do Sul, Thiago Mata, acompanhou uma equipe de profissionais da pasta até a capital mineira, Belo Horizonte, para realizar uma série de capacitações para a implantação do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora na cidade.

O Programa Família Acolhedora, de caráter provisório, é voltado para crianças e/ou adolescentes que por ordem judicial necessitem ser retirados de seu núcleo familiar até que possam retornar ao convívio da sua família de origem ou serem inseridas definitivamente em família substituta.

A Prefeitura criou a Lei 5.861, de 20 de maio de 2020, que instituiu o Serviço de Família Acolhedora no município, em consonância aos princípios e diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei 12.010 de 2009, da Política Nacional de Assistência Social (PNAS 2004), da Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais (Resolução 109 de 11 de novembro de 2009) e do Manual de Orientações Técnicas: Serviços de Acolhimento para Crianças e Adolescentes (resolução conjunta nº 1 de 18 de junho de 2009 – Ministério do Desenvolvimento Social).

“Diferente da adoção, acolher uma criança temporariamente é uma missão com começo, meio e fim. Assim como ao se desligarem de um serviço institucional precisam vivenciar uma transição, também ocorre no acolhimento familiar. Quanto mais seguro e estruturado for o vínculo estabelecido, melhores as possibilidades em uma nova etapa de vida”, comentou o secretário da Seais, Thiago Mata.