Projeto de Ubiratan conscientiza Pet Shops a informar maus tratos aos animais atendidos

0

O Projeto de Lei nº 3396/17, de autoria do vereador de São Caetano do Sul, Ubiratan Figueiredo da ONG (PR), obrigará, se aprovado, que os pet shops que prestam serviço de banho e tosa, os consultórios veterinários e os hospitais veterinários, instalados

no município, informem aos órgãos competentes de proteção, quando constatarem indícios de maus tratos nos animais por eles atendidos.

O projeto garante, ainda, o anonimato das denúncias encaminhadas, bem como o sigilo absoluto das informações. As denúncias deverão ser encaminhadas aos órgãos de proteção como: Delegacias da Polícia Civil, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil, CCZ Municipal, dentre outros.

A medida proposta pelo vereador possui como finalidade combater o aumento do crime de maus tratos, estabelecendo uma forma de colaboração entre a sociedade civil e os órgãos defensores da legislação, responsáveis por investigar o devido cumprimento da lei ambiental brasileira. “Embora o país tenha conquistado uma série de avanços no que se refere à proteção dos animais na última década, sancionando leis e formalizando regras específicas para que índices de crueldade apresente uma queda, ainda deparamos com episódios do crime de maus tratos diariamente, provando que muitos esforços ainda devem ser feitos para mudar esse terrível cenário”, diz o vereador.

 

O projeto encontra-se nas comissões da casa legislativa e deverá ser votado no segundo semestre de 2017. Ubiratan Figueiredo também é autor do projeto que cria a coordenadoria de defesa, proteção e bem-estar animal na cidade, projeto abraçado pelo prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) que poderá ser implantado ainda esse ano. O vereador é defensor e protetor da causa animal há mais de 20 anos.