Juiz cassa diplomação de Auricchio e Vidoski; defesa do prefeito diz que decisão não o tira do cargo

Juiz cassa mandato de Auricchio e Beto

O juiz eleitoral Pedro Corrêa Liao, da 166ª Zona Eleitoral de São Caetano do Sul, decidiu, nesta sexta-feira (5/4), “cassar a diplomação do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) e de seu vice, Roberto Luiz Vidoski (PSDB), decretando a consequente perda de mandato eletivo outorgados a eles outrogados na eleição de 2016”.

Em nota, a defesa do prefeito Auricchio diz que não “teve acesso ao processo” é a decisão  “gera afastamento do prefeito e que Auricchio continua no cargo”.

NOTA OFICIAL

A defesa técnica do prefeito José Auricchio Júnior não teve acesso ao processo e apresentará o recurso no prazo legal.

A decisão proferida não gera afastamento do prefeito, uma vez que o recurso possui efeito suspensivo, portanto Auricchio continua no exercício de suas funções.

O juiz, ainda, reconheceu que não existiu abuso de poder econômico e não declarou inelegibilidade do prefeito, que continua com seus direitos políticos e eleitorais preservados.

São Paulo, 5 de abril de 2019.

Ricardo Penteado
Advogado de José Auricchio