Escola de Ensino Médio da rede municipal de São Caetano promove palestra sobre prevenção ao suicídio

Em março deste ano, a jornalista da TV Record Cleisla Garcia veio a São Caetano fazer uma reportagem sobre o projeto “Promoção de Saúde Mental e Identificação de Alunos com Possíveis Sinais de Alteração” implantado nas escolas da rede municipal de ensino (assista no link http://bit.ly/jornaldarecord28_03). Na última quarta-feira (16/10), a repórter voltou a São Caetano. Dessa vez, como colaboradora do projeto. 

Ela foi à Escola Municipal de Ensino (EME) Professora Alcina Dantas Feijão proferir uma palestra sobre prevenção ao suicídio e conversar com os alunos. O evento contou com o apoio da psiquiatra Flávia Ismael Pinto, coordenadora da Saúde Mental na Prefeitura.

Cleisla é autora do livro “SobreViver – Como Jovens e Adolescentes Podem Sair do Caminho do Suicídio e Reencontrar a Vontade de Viver” e ficou impressionada com o atendimento de saúde mental que é oferecido aos adolescentes da rede municipal de ensino, graças a uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Educação da cidade.

COMO FUNCIONA O PROJETO

Toda criança ou adolescente que apresenta algum indício de problema psicológico, identificado pela professora em sala de aula, é encaminhada para avaliação e, se necessário, tratamento na USCA (Unidade de Saúde da Criança e do Adolescente). Para fazer essa primeira identificação e o encaminhamento, os professores da rede recebem capacitação da equipe de Saúde Mental do município.

Neste ano, em especial, houve um aprimoramento do serviço, a partir da parceria entre Saúde e Educação. A Prefeitura tomou a iniciativa de ampliar a abrangência do Programa Saúde na Escola, instituído em 2007 pelos Ministérios da Saúde e da Educação. Normalmente, esse programa define 12 temas (saúde ocular, auditiva, uso de álcool etc) para serem trabalhados nas escolas. Neste ano, por iniciativa própria, o município resolveu incluir um 13º tema: “Promoção de Saúde Mental e Identificação de Alunos com Possíveis Sinais de Alteração”.  Os professores recebem capacitação para identificar sinais de ansiedade, depressão e até potencial de suicídio. 

SOBRE A USCA:

Inaugurada em 2006 e localizada à Rua Goitacazes, 301, Centro de São Caetano, a USCA Amabili Moretto Furlan atende crianças e adolescentes de 0 a 18 anos. O serviço dispõe de psiquiatras e psicólogos para atender crianças com demandas psicólogas em geral, encaminhadas pelas escolas ou por unidades de saúde, mas atende, também, pacientes que a procuram diretamente.

Endereço: Rua Goitacazes, 301 – Centro – São Caetano do Sul – Telefone: 4233-7546

Horário de atendimento: Das 7h às 17h (segunda a sexta-feira)