Dívida da Prefeitura de São Bernardo do Campo sobe 50% na gestão do PSDB

Dados fornecidos pela administração ao Siconfi (Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro), da Secretaria do Tesouro Nacional, e compilados pelo Diário mostram que, em 2016, o petista deixou o governo com passivo na ordem de R$ 1,48 bilhão. O mesmo indicador agora apresenta que o deficit consolidado da Prefeitura de São Bernardo atingiu o patamar de R$ 2,22 bilhões. O acréscimo nesse volume negativo representa alta de 49,58% no período.