Transportadores escolares serão remunerados para entrega de cestas básicas em Santo André

0

A Prefeitura de Santo André abriu nesta sexta-feira (23) inscrições para que transportadores escolares entreguem cestas básicas na cidade. Os kits de alimentação serão destinados a munícipes em situação de vulnerabilidade causada pela pandemia. A iniciativa faz parte da campanha Santo André Solidária, do Fundo Social de Solidariedade.

“Seguimos cuidando de nossos munícipes, com a colaboração de todos que nos auxiliam doando diversos tipos de itens, uma ajuda que é essencial para continuarmos trabalhando por quem mais precisa”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

Os profissionais serão remunerados e receberão pagamento proporcional à quantidade de cestas entregues, com valor que pode chegar a até R$ 1.000. Os transportadores escolares precisam obrigatoriamente serem cadastrados na cidade, ou seja, atuarem como permissionários autorizados pela SATrans.

As inscrições podem ser feitas até 30 de abril, por meio do endereço http://bit.ly/transporteescolarsa21. No dia 5 de maio um edital será publicado com o nome dos habilitados a realizar a entrega dos kits de alimentação em toda a cidade.

“Vamos garantir que o alimento chegue na mesa da nossa gente e também remunerar os profissionais do transporte escolar que foram afetados pela pandemia. Santo André é uma cidade feita de gente solidária e é com esse cuidado e olhar para os que mais precisam que vamos vencer essa guerra e sair mais fortes desse momento difícil. Além disso, na medida em que a vacinação avança, teremos condições de muito em breve retomar a normalidade”, destacou o prefeito Paulo Serra.

A iniciativa é uma parceria do Fundo Social de Solidariedade com a SATrans, Secretaria de Mobilidade Urbana e Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego, e visa atender a população em vulnerabilidade econômica causada pela pandemia, além de dar suporte financeiro a esta categoria de profissionais impactada nos últimos meses.

Os alimentos que compõem os kits estão sendo arrecadados na campanha Santo André Solidária, realizada em quatro parques da cidade, no Banco de Alimentos e nos pontos de vacinação drive-thru.

Auxílio – Desde o ano passado, a SATrans vem garantindo o suporte aos transportadores escolares com diversas medidas para redução de impactos causados pelo novo coronavírus, com a distribuição de 2.545 cestas para escolares e monitores.

A autarquia prorrogou por um ano o prazo para substituição dos veículos escolares que completam 15 anos de fabricação e também estendeu o vencimento dos alvarás, que seriam renovados entre os meses de março e dezembro de 2020, isentando os permissionários do custo da taxa de renovação e vistoria técnica.

A SATrans autorizou ainda que condutores auxiliares possam trabalhar em substituição ao permissionário escolar, para realização de cursos e treinamentos durante o período de pandemia. Uma concessão de empréstimo com juros reduzidos também foi viabilizada com o banco Sicoob.

Apenas neste ano foram entregues 714 cestas básicas para os transportadores, monitores escolares e prepostos de escolas.

A cidade de Santo André tem 416 permissionários autônomos no transporte escolar, além de dez condutores de escolas particulares.