Santo André intensifica diálogo social para promover maior transparência sobre o Complexo Viário Cassaquera

0
1

Com o objetivo de promover uma maior aproximação dos moradores de Santo André com as obras do Complexo Viário Cassaquera, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) voltou a realizar reuniões com a população.

Nesta semana, nos dias 23 e 25, profissionais da autarquia se reuniram com pessoas que residem nos bairros Centreville, Parque Gerassi, Vila Guarani e Vila Homero Thon para apresentar informações sobre as obras de canalização do córrego Cassaquera e de construção da nova avenida na Professor Luiz Ignácio de Anhaia Melo.

As reuniões possibilitam maior participação social e fortalecem o diálogo entre o Semasa e os moradores, promovendo mais transparência sobre as intervenções.

“Existem dúvidas da população sobre como vai ficar o resultado final, então foi muito esclarecedor ouvir as palavras dos engenheiros responsáveis”, afirma a agente comunitária de saúde Vanda Aparecida Vitoriano da Silva, moradora do bairro Centreville. Para saber maiores detalhes sobre os serviços, os interessados podem acessar www.semasa.sp.gov.br/sanearsantoandre.

O evento ocorreu no CEU Marek e também teve como objetivo tirar dúvidas e receber sugestões dos munícipes, além de apresentar as atividades de educação ambiental que estão previstas para serem realizadas junto à população, como ações de arborização e agricultura urbana e diversas oficinas.

Os encontros com a população fazem parte do Projeto de Trabalho Técnico Socioambiental das obras, que são financiadas pela CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina, por meio do Programa Sanear Santo André.

Até dezembro deste ano, serão realizados mais dezoito encontros com a população. Quem tiver interesse em participar, pode procurar o Plantão Social do Complexo Viário Cassaquera, por meio do número 93750-3181. Também é possível buscar atendimento presencial na avenida Pedro Américo, s/n, junto ao canteiro de obras. O horário é das 9h às 12h e das 13h às 15h.

Desde agosto de 2020, o Plantão Social já atendeu mais de cem manifestações. Além disso, mais de mil moradores que são afetados diretamente pelas obras foram beneficiados por ações informativas e de sensibilização ambiental.