Prefeitura lança Plano de Metas e presta conta de 100 dias de gestão

0

 

Prefeito Paulo Serra esteve na Câmara Municipal para detalhar ações do Executivo; Reforma Administrativa já está na Casa Legislativa

 Dentro de 30 dias será protocolado na Câmara Municipal o Plano de Metas, anunciado nesta terça-feira (11) pelo prefeito Paulo Serra. Serão ao todo 45 metas para os quatro anos de mandato, baseadas no plano de governo da gestão. “Assumo o compromisso com os vereadores e todo o público que entregaremos este Plano de Metas, de forma inédita. É a primeira cidade, com exceção da Capital, que vai protocolar suas metas nesta Casa de Leis. Nós queremos que a população acompanhe a gestão e aonde a gente quer chegar. Seja na saúde, habitação, educação e as outras áreas. Todos os nossos índices e metas serão disponibilizados, e assim a população acompanhará se estamos cumprindo”, explicou o prefeito, durante visita à Câmara Municipal.

A medida visa deixar o munícipe a par de todas as ações que acontecem na cidade. “Este plano primeiro mostra as atividades para as pessoas não terem expectativas impossíveis, mas principalmente para ter toda a transparência que uma população espera hoje. Nós temos que voltar a dar bons exemplos para recuperar a confiança das pessoas. Será um divisor de águas para o governo, já que os munícipes poderão cobrar em cima de dados concretos”.

Além disso, o prefeito apresentou aos vereadores dados dos 100 primeiros dias da nova gestão, pontuando os diversos desafios encontrados, sobretudo na condição financeira da cidade. “Nossa saúde financeira era crítica e tivemos enormes dificuldades. Pegamos Santo André com R$ 325 milhões em restos a pagar de curto prazo e com bastante economia já conseguimos reduzir esse montante para R$ 186,4 milhões. A dívida de longo prazo (precatórios) ainda demanda mais tempo para resolver e somando tudo temos uma dívida de R$ 2,2 bilhões”, afirmou Paulo Serra. O prefeito ressaltou que as ações  levaram a administração a diminuir em mais de R$ 1 milhão por dia o total da dívida de curto prazo.