Paulo Serra ainda não tem maioria para aprovar a reforma administrativa

O grande desafio dessa semana para o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), é formar maioria para aprovar a tão esperada reforma administrativa. O chefe do executivo ainda não tem os 14 votos (2/3) necessários para aprovação do projeto, o tucano busca desarticular o G9 para sair vitorioso no parlamento.

O G9 é formado por vereadores independentes: Ronaldo de Castro (PRB), Roberto Rautenberg (PRB), Tonho Lagoa (PMB), Sargento Lobo (SD), Elian Santana (SD), Toninho de Jesus (PMN), Willians Bezerra (PT), Zezão (PDT) e Jobert Minhoca (PSDB).

O governo luta contra o tempo para aprovar o projeto (em dois turnos),  os pontos defendidos por ele, é que a medida deve gerar economia de R$ 5,9 milhões em 2017 e prevê o corte de cinco Pastas, além da criação da Secretaria do Meio Ambiente.