Obras de restauro promovem preservação de Paranapiacaba


Vila inglesa, que ganhou diversas intervenções nos últimos anos, recebe 19º Festival de Inverno a partir do próximo sábado

Prestes a receber a 19ª edição do Festival de Inverno, Paranapiacaba recebeu diversas obras de restauro e recuperação nos últimos anos, com o objetivo de preservar a histórica vila inglesa. A mais recente intervenção foi o restauro da Torre do Relógio da estação, que será inaugurada neste sábado (20), às 19h.

Desde o início da atual administração também foram recuperados o Museu Castelo, a Casa Fox (Casa da Família Ferroviária), o Centro de Visitantes do Parque Nascentes e a igreja Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba. Também foram entregues nesta gestão as novas sedes da GCM e do Corpo de Bombeiros, a Biblioteca (antiga Casa do Engenheiro) e a revitalização do Centro de Informações Turísticas.

Outra obra importante foi o restauro da antiga Garagem das Locomotivas, que abriga a plataforma do Expresso Turístico da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). O restauro foi realizado com recursos do PAC Cidades Históricas, fruto de parceria do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) com a Prefeitura de Santo André.

O Museu Castelo, reaberto em abril deste ano após passar por reforma, era a antiga moradia do engenheiro-chefe da ferrovia. O local recebeu série de melhorias como nova pintura, reformas na parte elétrica, no telhado e no assoalho. Também foram realizadas a recuperação da lareira no quarto superior, das janelas da face sul e do mastro das bandeiras e a instalação de iluminação interna e externa, além de melhorias do paisagismo e substituição de vidros quebrados. Ingressos custam R$ 3, com direito a visita guiada.

A Casa Fox, uma conjunto de duas casas geminadas, foi recuperada e passou a abrigar no ano passado a Casa da Família Ferroviária. O local conta com série de móveis, utensílios e decorações da década de 1930 e visitá-la é uma verdadeira viagem no tempo a uma casa de ferroviários daquela época. As visitas guiadas custam R$ 3.

Instalada na parte alta da Vila, a igreja Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba também foi recuperada num trabalho que envolveu, além da Prefeitura, a comunidade, ex-moradores e a Diocese do ABC. A obra, que foi entregue neste ano, compreendeu a troca do telhado e instalação elétrica, bem como a impermeabilização de todo o prédio e a pintura. Foram recuperados ainda a porta de madeira da entrada, o sino e a torre, além da casa do pároco e o banheiro. A iluminação local recebeu melhorias.

A Torre do Relógio da estação foi erguida em 1898 e há anos não recebia melhorias. Após um completo restauro, será entregue no dia da abertura do Festival de Inverno deste ano. O trabalho incluiu melhorias na torre, o conserto do relógio, que estava parado desde 2003, e a instalação de nova iluminação.

Festival de Inverno – O 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba começa no próximo sábado (20), com série de atrações. A programação completa está disponível no site www.santoandre.sp.gov.br/fip. Os shows, exposições e intervenções culturais acontecerão em dez pontos diferentes da vila inglesa. Como nas edições recentes, as atividades destacam ainda mais a principal atração do festival: a própria Paranapiacaba. O Banco de Alimentos vai arrecadar 1 kg de alimento não perecível ou itens de higiene.

Nos quatro dias, quem for à vila ferroviária poderá conferir ainda série de oficinas, vivências, saraus, exposições e atividades de lazer, além de feiras como a de Artes e Antiguidades, de Vinil e a de produtos de cambuci, fruto típico da Mata Atlântica. O espaço Locobreque abrigará as apresentações de circo. E a webrádio Rádio Plano B fará a transmissão ao vivo do evento.