Inscrições para Educação de Jovens e Adultos seguem abertas em Santo André

0

Munícipes com mais de 15 anos podem aderir à EJA I, EJA II e EJA FIC até 30 de setembro

Tomar a decisão de ingressar na Educação de Jovens e Adultos (EJA) tem feito a diferença na vida de inúmeros andreenses. Diante desse cenário, a Educação de Santo André segue com inscrições abertas para munícipes que pretendem voltar aos estudos. As matrículas para EJA I (2º ao 5º ano), EJA II (6º ao 9º ano), além da EJA FIC (ensino fundamental integrado ao ensino profissionalizante), seguem até o dia 30 de setembro de 2022.

As aulas da Educação de Jovens e Adultos são realizadas em 18 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) e cinco Centros Públicos de Formação Profissional. Nos Centros Públicos (EJA I e EJA II) e em cinco Emeiefs (EJA II), o ensino fundamental está integrado ao ensino profissionalizante (EJA FIC), ou seja, nestas unidades os alunos, além da elevação de escolaridade, também recebem certificação profissionalizante.

Desde o início deste ano, Maik de Andrade Silva, aos 29 anos, viu na EJA a oportunidade para retomar os estudos. “Quero concluir o ensino fundamental e buscar melhores posições profissionais. Com fé em Deus vou conseguir”, destaca o distribuidor na área de cosméticos e morador da Vila Guiomar.

Aos 54 anos, Sônia Cristina Gomes cursa a EJA no Polo Bilíngue de Santo André, que é referência no atendimento especializado a alunos surdos. “Gosto muito de estar nesta escola bilíngue, onde temos instrutor e intérprete de Libras e essa oportunidade me deixa muito feliz para estudar na EJA. Anteriormente as barreiras eram maiores e eu não tinha o acesso que tenho hoje, já que aqui aprendo muito e posso interagir com outras pessoas e aprender palavras novas. Por isso é muito importante que as pessoas ouvintes tenham conhecimento de Libras e nunca deixem de estudar”, comemora Sônia, sobre a sua evolução acadêmica.

Já formada em Biologia, Adriana Martim Aranda, que foi alfabetizada na Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Santo André, deixa um incentivo a quem tem interesse em voltar a estudar. “A EJA é o coração das pessoas que não tiveram a oportunidade de estar em uma sala de aula e traz acolhimento. Conhecimento é uma herança que levamos para a vida toda. Sou filha da EJA e tenho muito orgulho de ter participado de um dos projetos mais lindos que a Prefeitura oferece. Torço para que todos os alunos sigam firmes e não desistam”, conclui.