GCM de Santo André participa de operação integrada para combater crimes ambientais em área da represa Billings

0

Agentes da cidade e de Rio Grande da Serra, Polícia Militar Ambiental e agentes da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado participaram da ação

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Santo André, por meio de seu destacamento ambiental, se uniu nesta terça-feira (9) aos GCMs de Rio Grande da Serra, Polícia Militar Ambiental e agentes da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado em uma grande ação de combate a crimes ambientais em área às margens da represa Billings, localizada no limite entre os dois municípios.

A ação ostensiva teve como principal objetivo coibir ocupações irregulares, o desmatamento, parcelamento e uso indevido do solo e quaisquer crimes que envolvam a poluição das águas da represa Billings, importante polo gerador de água para a região metropolitana.

Durante a ação foram emitidas quatro autuações por construções irregulares em Rio Grande da Serra, o embargo de uma obra por problemas e documentação de licenças ambientais, além de três demolições realizadas nessa área. Em Santo André não foi registrada nenhuma ocorrência desta natureza.

“Estamos vigilantes nestas áreas de divisa de município e é necessário manter esse olhar conjunto das forças policiais dos dois municípios, junto dos órgãos estaduais competentes, para que ações criminosas desse tipo não migrem para os municípios”, destaca o secretário de Segurança Cidadã, Edson Sardano.

O trabalho fiscalizatório é realizado de maneira conjunta, por meio de um grupo de fiscalização integrada, criado em 30 de março de 2021, pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo. A atuação deste grupo está prevista na Lei Específica da Billings, e tem como eixos norteadores a preservação ambiental e o combate a ações irregulares de ocupação e poluição das águas.